Atelier Daciano da Costa

Quem Somos

Do Atelier, fundado em 1959 por Daciano da Costa, à restruturação da sociedade em 2013, demos início a um projecto que pretende valorizar e divulgar o seu património e manter viva a sua memória através de acções que introduzem o design de Daciano da Costa em novos ambientes.

desde 2013 até à data

A Sociedade Atelier Daciano da Costa

Em 2013, após oito anos da sua morte, os herdeiros de Daciano da Costa, a sua mulher Maria Teresa Cottinelli Telmo Monteiro da Costa e as suas cinco filhas, Ana, Catarina, Inês, Teresa e Maria decidem manter a sociedade com um novo rumo dando início a um projecto que pretende manter viva a sua memória e obra, de forma a prestar o seu contributo na comunicação e valorização da pessoa e obra de Daciano da Costa. O Prof. Dr. João Paulo Martins, seu assistente, colaborador e amigo aceita o convite feito nesse mesmo ano, de integrar a sociedade e dar o seu contributo na orientação profissional para este projecto.

Acreditamos que a obra Daciano da Costa foi o resultado de uma filosofia de design e processos que valem a pena partilhar de muitas formas diferentes. Dar continuidade do seu trabalho é consistente com essa filosofia quanto a reedições e distribuições de algumas das peças das várias Famílias de objetos desenvolvidas pelo Designer Daciano da Costa.

Em 2013 foi registada a marca Daciano da Costa.

Desde 2013, alguns passos foram dados no âmbito da valorização da obra de Daciano da Costa.

Em 2019 abrimos um espaço físico com o propósito de apresentar as novas edições e reedições da obra Daciano da Costa, que possam vir a integrar novos espaços, quer em projetos de autor como privados. É também nossa intenção, prestar um serviço de consultoria às instituições no que diz respeito à recuperação e manutenção dos equipamentos existentes da autoria de Daciano da Costa.

1959 - 2005

Do Atelier à Sociedade

O atelier foi fundado em 1959 por Daciano da Costa (1930-2005) permitindo-lhe desenvolver as suas múltiplas vertentes de designer. Daciano da Costa foi um dos pioneiros do design industrial em Portugal e projectou para numerosos sectores da indústria nacional. Da sua ligação à Metalúrgica da Longra resultaram sucessivas linhas de mobiliário para escritório que, ao longo de mais de três décadas, conheceram uma inédita aceitação por parte do público.

Desde muito cedo, Daciano da Costa dedicou–se à concepção de mobiliário e equipamento para ambientes específicos, na complementaridade do projecto de arquitectura e em estreita articulação com ele.

Essa actividade, ligada sobretudo à construção de edifícios públicos, equipamentos colectivos, representativos ou ligados ao turismo, iria contribuir de um modo decisivo para a própria definição da disciplina de Arquitectura de Interiores entre nós.

Ao longo das décadas, o atelier Daciano da Costa afirmou-se como uma referência no panorama profissional do projecto em Portugal, mas também como um atelier - escola. A forte vocação pedagógica do seu mentor permitiu que sucessivas gerações de jovens projectistas se integrassem numa equipa em constante renovação.

Estabelecido desde sempre num território de fronteiras difusas, o atelier soube diversificar a sua actividade em áreas tão diversas como o design urbano e arte pública, o design de interiores e de mobiliário, a arquitectura e a reabilitação.

Please note, your browser is out of date.
For a good browsing experience we recommend using the latest version of Chrome, Firefox, Safari, Opera or Internet Explorer.